Clipping Associação de Hotéis do Rio

             

Lufthansa terá retorno de 70% dos voos intercontinentais em setembro

No início da crise, a Lufthansa viu a sua oferta cair drasticamente em muito pouco tempo. De acordo com Anette Taueber, diretora Geral do Grupo no Brasil, das 760 aeronaves da companhia, 700 chegaram ficar no chão. O cenário agora é outro. A companhia começa a retomar a sua oferta ao redor do mundo e prevê recuperar 50% dos seus voos continentais 70% dos intercontinentais já no mês de setembro.
 
No caso do Brasil, o voo São Paulo-Frankfurt nunca deixou de ser operado. Embora com uma frequência menor, o destino foi um dos escolhidos para a malha mínima operada no auge da crise. No início de junho, a oferta já foi ampliada de três para cinco vezes por semana. Além disso, a Swiss volta a voar em julho para Guarulhos três vezes por semana, passando em 2 de setembro para cinco. Já a Edelweiss, que antes da pandemia operava duas vezes por semana o voo Rio de Janeiro Zurique, retoma a rota em outubro.
 
“Queremos muito rapidamente possibilitar aos nossos clientes viajar para os destinos que oferecíamos antes. Já em setembro serão mais de 130 destinos continentais e 70 intercontinentais. Voltaremos a ofertar estes destinos, mas com menor capacidade neste início”, destacou Anette.
 
O diretor da Lufthansa para a América Latina, Thomas Maes, reiterou a aposta da Lufthansa no Brasil como um mercado prioritário e citou justamente o voo para Frankfurt, que não deixou de ser operado. “São Paulo é a cidade mais importante da América Latina. Mais ou menos mil empresas na cidade têm conexão com a Alemanha. Por tudo isso, tomamos a decisão de seguir com o voo. O Brasil é um mercado estratégico para nós”, destacou.
 
TESTES NO AEROPORTO
 
A exigência de quarentena obrigatória levou a companhia a oferecer – no aeroporto – teste PCR de Covid-19. Os passageiros que desejarem fazer, podem reservar de forma online e o custo aproximado é de R$ 400. Os resultados ficam prontos em seis horas e o cliente tem direito ainda a uma consulta com um médico que emite um relatório com o resultado do exame.
 
PROMOÇÃO
 
A notícia de que o Centro de Turismo Alemão (DZT) fechará o seu escritório no Brasil aumenta ainda mais a responsabilidade da Lufthansa por ser a companhia de bandeira do País. Anette destacou que a notícia é triste, mas acredita que isso será apenas de forma temporária. “Estamos confiante de que tudo isso vai passar e o DZT voltará. Como companhia de bandeira, faremos tudo para ajudar na promoção do destino”, finalizou.
 
 
 
Fonte: Mercado&Eventos
 
 
 
 
 
Publicado em 17 de julho de 2020
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Avaliação dos Internautas

Avaliação:


0 1 2 3 4 5

Nome:



Email:



Comentário



Rua Maria Eugênia, 300 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ, 22261-080 • Tel: (21) 3410-5131