Noticias

             

Decreto do ICMS QAV visa atrair novos voos para o Estado do RJ

 
 
 
O Decreto de redução do ICMS/QAV, que fortalece a política de atração de novos voos para o Rio de Janeiro, foi assinado no dia 12, no Palácio Guanabara, pelo Governador Wilson Witzel, e Secretários de Estado de Fazenda e de Turismo, Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho e Otavio Leite. Esta conquista é uma das medidas essenciais para reverter a atual situação da aviação no Rio de Janeiro, já que, mesmo com o crescimento de 3,4% em nível nacional, de 2008 a 2018, o Rio apenas cresceu 1,1%.
 
A alíquota atual é de 13% e, com a assinatura, cairá para 7% para todos os aeroportos do interior do Estado. Com a redução do ICMS do QAV será possível movimentar a economia do Estado por meio do aumento do número de voos.
 
Durante o evento, o Governador Wilson Witzel anunciou mais investimentos para o turismo. “O Rio de Janeiro é o carro-chefe do Brasil. É uma unanimidade nacional, sem demérito aos outros destinos. Este ano investimos 20 milhões e para o ano que vem será o dobro na promoção do turismo do Rio de Janeiro”, contou Witzel.
 
Para o secretário de Estado de Turismo, Otavio Leite, este grande passo foi resultado de um trabalho estratégico. “Quero ressaltar a luta que o Governo travou. Conseguimos encontrar um denominador jurídico e técnico capaz de abrigar uma regra que fosse um marco regulatório capaz de fazer com que um instrumento fácil e fundamental se instituísse. Tudo está numa linha de trabalho para fazer com que nós tenhamos uma ampliação de rotas para o Rio de Janeiro”, ressaltou o secretário.
 
Otavio ressaltou, ainda, que o Estado recebe cerca de 2 milhões e 200 mil turistas internacionais. “É um número muito pequeno para o potencial que nós possuímos, tanto na capital como no interior. As medidas hoje adotadas nos permitem ter esperança de crescer a taxa de ocupação nos hotéis, o movimento nos restaurantes e as visitas aos pontos turísticos. É um passo muito importante para um novo momento do Rio de Janeiro que nos dará a chance de aumentar, talvez em 15% ou 20% o número de turistas internacionais e domésticos no próximo ano”, concluiu.
 
Foi anunciado, ainda, pelo presidente da Gol, Paulo Kakinoff, que a nova alíquota irá resultar em um aumento de 17% na oferta de assentos, no ano de 2020 em relação a 2019. “Serão 17 novos destinos que terão aumento na oferta. Como o crescimento mínimo para se habilitar à faixa dos 7% seria de 15%, com os novos assentos, estaremos dentro do percentual”, explicou Paulo.
 
Mais sobre aviação
 
Rio recebe voo “low cost” vindos da Argentina
 
Em outubro, o secretário de estado de Turismo, Otavio Leite, participou da cerimônia de lançamento do primeiro voo da nova rota entre Rio e Buenos Aires, operado pela Flybondi. Com o início da frequência, sem escalas, a companhia aérea argentina se torna a terceira de baixo custo a operar rotas internacionais a partir do Galeão, consolidando a presença da aviação “low cost” não só na cidade, mas também no Brasil.
 
“A implantação de mais um voo Buenos Aires/Rio através de uma empresa de baixo custo é de importância estratégica, pois amplia a base de consumo turístico. Quanto mais pessoas aqui desembarcarem, mais emprego, renda e oportunidades são geradas. Eu gosto muito de duas palavras conjugadas: o dito e o feito. O Governador Wilson Witzel anunciou que uma nova empresa viria para o Rio de Janeiro vindo de Buenos Aires”, ressalta Otavio Leite.
 
Ao todo, serão quatro voos semanais, às segundas, quartas, sextas e domingos, ligando o Galeão ao aeroporto El Palomar, que fica na Grande Buenos Aires, a cerca de 20 quilômetros do centro da capital argentina. Os aviões usados são do modelo Boeing 737-800 NG, com capacidade para 189 passageiros em classe econômica. Em 2018, mais de 450 mil turistas argentinos conheceram as belezas e atrativos do Rio de Janeiro, segundo dados do Ministério do Turismo.
 
“Estamos muito animados com o início da nossa operação no Rio de Janeiro, nosso primeiro destino no Brasil. Essa incorporação demonstra o compromisso que temos, por parte da Flybondi, para conectar cada vez mais a Argentina e o Estado”, disse Esteban Tossutti, presidente e diretor de Relações Governamentais da Flybondi.
 
 
 
 
 

Fonte:Sindicato de Hotéis do Rio Online

Foto: Setur-RJ
 
 
 
 
Publicado em 02 de dezembro de 2019

Avaliação dos Internautas

Avaliação:


0 1 2 3 4 5

Nome:



Email:



Comentário



Rua Maria Eugênia, 300 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ, 22261-080 • Tel: (21) 3410-5131