Clipping Associação de Hotéis do Rio

             

Avanços no impulsionamento do Turismo do Rio de Janeiro

 
 
 
Boas notícias para o setor turístico na manhã desta terça-feira (01/10). O secretário de Turismo, Otavio Leite, o governador, Wilson Witzel, e representantes de entidades do Turismo assinaram uma carta de intenções com uma série de medidas para alavancar o segmento, impactando diretamente na economia do Estado. A “Carta de Copacabana” consolida a parceria do Governo do Estado com o Trade. O documento resulta em um conjunto de ações que tem como objetivo principal atrair mais turistas de lazer e negócios. A reunião aconteceu no Hotel JW Marriot, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.
 
A criação de um banco de diárias para a captação de eventos no Rio esteve em pauta. Esta é uma das estratégias para captar eventos, congressos, feiras, jornadas científicas e simpósios, proporcionando descontos em hospedagem, bares e restaurantes, tornando mais atrativa e barata a estadia no Rio de Janeiro.
 
- O Estado vai fazer um esforço fiscal, ao mesmo tempo, a hotelaria vai oferecer espaços ociosos de seus aposentos para criar um banco de diárias, a fim de que ele sirva de um instrumento importante na captação de eventos – explica Otavio.
 
O governador Wilson Witzel destacou o engajamento de empresários do setor na ação que vai contribuir para aquecer o turismo fluminense seja na capital ou no interior.
 
- Estamos empenhados em fazer do turismo algo impressionante para o Rio e para o Brasil. O Stopover, por exemplo, é uma modalidade importante, com a participação do trade hoteleiro, turístico. Estamos trabalhando isso com a TAP e agora com a Fly Emirates. Acredito que o Rio de Janeiro consiga, até o final de 2022, estar com o dobro de turistas. Hoje, é 1,5 milhão de turistas estrangeiros, mas nós estaremos chegando a 3 milhões até o final de 2022 – afirmou o governador.
 
Dentre os tópicos da pauta, o secretário Otavio Leite destacou também que está em processo de conclusão a redução do ICMS sobre o querosene da aviação (QAV). O Rio de Janeiro conquistou o direito de baixar a alíquota de 12% para 7%. O combustível é um dos fatores que mais influencia o valor das passagens aéreas.
 
Outro ponto da reunião foi a conquista para autorização da promoção turística, considerando utilidade pública “a publicidade que tiver por objetivo a divulgação de política pública de fomento, desenvolvimento e promoção do turismo do Estado do Rio de Janeiro”. Segundo Otavio Leite, será investido em campanhas de divulgação em países do Cone Sul (Argentina, Chile e Uruguai), América Latina e cidades importantes do mundo.
 
Os avanços da Segurança Pública com a redução dos índices de criminalidade e as conquistas do Salão do Turismo, ocorrido em agosto deste ano no Pier Mauá, também foram apresentados para os representantes do Trade.
 
- Essas medidas conjugadas com uma campanha de promoção, hão de fazer com que o Rio de Janeiro possa receber mais turistas nacionais e internacionais. Portanto, a reunião se prestou a delinear o escopo dessas inciativas e ao mesmo tempo amarrar o engajamento de todos do trade – ressalta o secretário.
 
Estiveram presentes no encontro os secretários de Fazenda, Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho, e de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, além dos dirigentes das principais entidades de turismo do Estado do Rio: Alfredo Lopes, da Abih-RJ (Associação de Hotéis do Rio de Janeiro); Sônia Chami, do Rio Convention Bureau; Fatima Faccuri, representando a regional Abeoc-RJ (Associação Brasileira de Empresas de Eventos); Cristina Fritsch, Abav-RJ (Associação Brasileira de Agências de Viagens do RJ), e Pedro Guimarães, Apresenta Rio.
 
 
 
 
Fonte e foto: Ascom Setur/TurisRio
 
 
 
 
Publicado em 03 de outubro de 2019

Avaliação dos Internautas

Avaliação:


0 1 2 3 4 5

Nome:



Email:



Comentário



Rua Maria Eugênia, 300 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ, 22261-080 • Tel: (21) 3410-5131