Clipping Associação de Hotéis do Rio

             

Airbnb faz duras críticas a presidente do Sebrae e ABIH

O serviço de hospedagens alugadas e compartilhadas Airbnb enfim se posicionou oficialmente acerca da suspensão do convênio que vinha sendo estabelecido com o Sebrae, visando fomentar pequenos negócios no entorno das hospedagens listadas no aplicativo. Em nota divulgada, a companhia se disse "consternada" com a decisão, tomada após críticas e pressão feitas pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).
 
Há uma semana, o acordo acabou sendo revelado pela própria ABIH antes de ser trazido a público por Sebrae e Airbnb. Dois dias depois, o presidente do serviço de apoio a micro e pequenos negócios, Guilherme Afif Domingos, anunciou, junto com representantes hoteleiros, a suspensão da parceria.
 
"O Airbnb Brasil recebeu com consternação a notícia de que o diretor-presidente do Sebrae, Afif Domingos, se deixou ser pressionado por grandes empresários, prejudicando pequenos comerciantes e empreendedores", diz a nota do Airbnb. Citando uma matéria publicada por Lauro Jardim no portal de O Globo, diz também que Afif Domingos "tomou o lado de hoteleiros contra sua própria diretoria executiva", que havia aprovado o convênio.
 
"É no mínimo questionável que uma instituição de respeito como o Sebrae abra espaço para tal ingerência, em flagrante prejuízo à sua missão de 'promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo', continua.
 
ABIH "CORPORATIVISTA"
Em um comportamento inusual, já que não costuma se pronunciar publicamente sobre críticas recebidas, o Airbnb teceu também duras críticas à entidade hoteleira presidida por Dilson Fonseca, dizendo que a ABIH vai contra a inovação no setor em que atua. "A ABIH tem se notabilizado nos últimos meses pelo corporativismo agressivo e calunioso contra os usuários da plataforma, com intuito de garantir uma reserva de mercado, sufocar a inovação e a concorrência e ameaçar a atividade lícita e regulamentada do aluguel de temporada".
 
O Airbnb ainda destaca seu crescimento recente no Brasil, tendo movimentado mais de R$ 325 milhões durante a Rio 2016. Por fim, o serviço afirma aque ainda está "aberto ao diálogo" e insiste para que "Guilherme Afif Domingos e o Sebrae esclareçam oficialmente aos milhares de anfitriões e hóspedes da plataforma qual é a situação do convênio."
 
*Notícia atualizada às 15h03 do dia 8/8/2017 esclarecendo que o que houve foi uma suspensão do acordo, e não o fim definitivo
 
 
 
Link original:http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/hotelaria/2017/08/airbnb-faz-duras-criticas-a-presidente-do-sebrae-e-abih_148567.html?lista
 
 
Publicado em 04 de setembro de 2017

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Avaliação dos Internautas

Avaliação:


0 1 2 3 4 5

Nome:



Email:



Comentário



Rua Maria Eugênia, 300 - Humaitá - Rio de Janeiro - RJ, 22261-080 • Tel: (21) 3410-5131