Noticias

             

Prefeitura apresenta o planejamento para o Carnaval de rua

 
A Prefeitura do Rio apresentou, no dia 26, durante coletiva de imprensa, o esquema operacional para o Carnaval de Rua 2017. Este ano, 451 blocos irão realizar 578 desfiles pelas ruas da cidade durante o período de folia.
 
A Guarda Municipal do Rio de Janeiro vai atuar com 5.493 guardas no ordenamento e no patrulhamento em geral dos blocos oficiais de Carnaval. O sistema de limpeza contará com até 1.100 garis/dia; 5 mil contêineres, 90 sopradores, 20 vaporizadores, além de 50 veículos entre caminhões compactadores, caminhões-pipas, kombis lava a jato, caminhões basculantes, mini varredeiras, entre outros. Também participarão 235 equipes do Lixo Zero, aplicando multa de R$ 548 para quem urinar na rua e R$ 200 para pequenos resíduos jogados no chão.
 
A operação de trânsito contará com 900 homens, entre controladores da CET-Rio e Guardas Municipais, com apoio de 60 viaturas e 50 motocicletas, que trabalharão para manter a fluidez do tráfego, coibir o estacionamento irregular, ordenar os cruzamentos e orientar os pedestres. Além disso, 30 reboques da CET-Rio estarão posicionados para imediata desobstrução das vias em caso de acidentes ou quebras de veículos nas rotas de desvio.
 
O MetrôRio terá um esquema especial de funcionamento 24h durante os cinco dias de Carnaval. Os trens circularão sem interrupção a partir das 5h de sexta-feira (24/02) até as 23h de terça-feira (28/02), com extensão de embarque nas estações Praça Onze e Central até as 3h de quarta-feira (01/03), em virtude do desfile das escolas mirins.
 
Serão 31,8 mil banheiros móveis disponíveis no período carnavalesco. Em 2016, foram oferecidas 25.496 posições. Quatro postos de atendimento médico estarão disponíveis na cidade: dois no Centro, um em Copacabana e outro em Ipanema/Leblon. Além disso, há 100 diárias de ambulância tipo UTI móvel para atender aos foliões.
 
A expectativa da Riotur é que 1,1 milhão de turistas visitem o Rio durante o Carnaval, injetando cerca de R$ 3 bilhões na economia. A estimativa da ABIH-RJ é que a ocupação hoteleira na capital atinja 80% - ano passado, este índice foi de 85%, mas a cidade contava com 18 mil quartos a menos do que dispõe atualmente.
 
 
Publicado em 02 de fevereiro de 2017

Avaliação dos Internautas

Avaliação:


0 1 2 3 4 5

Nome:



Email:



Comentário



Rua Guilhermina Guinle, 272 6º andar - Botafogo • Tel: (21) 3410-5131